Blog

Blog sobre mercado imobiliário, dicas de decoração, informações sobre financiamento de imóveis e muito mais. Confira!

Morar na praia é muito caro? 5 capitais brasileiras!

Em 04/10/2021 - Para morar
Morar na praia é muito caro? 5 capitais brasileiras!

Uma das primeiras questões para quem deseja viver no litoral é saber se morar na praia é muito caro? 

No post de hoje vamos conhecer algumas cidades litorâneas que são uma ótima opção para quem precisa estar em um grande centro, mas gosta de relaxar à beira do mar no final do dia.

A primeira coisa que pensamos quando alguém fala que vai morar na praia é que ou a pessoa se aposentou ou vai largar tudo para viver em um lugar mais calmo e tranquilo. 

Mas, depois da reorganização social provocada pela pandemia de coronavírus, em 2020, morar em capitais que têm praia passou a ser uma ótima opção. Principalmente, para quem conseguem trabalhar de forma 100% remota.

Mas, só quem é rico mora na praia?

Será que é só rico que consegue morar na praia? O relatório de maio de 2021, do FipeZap da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), mostrou que não é bem assim, não! Existem algumas opções de capitais litorâneas que podem te surpreender.

Separamos 5 capitais brasileiras que tem praia para você ter uma noção mínima do valor imobiliário dessas cidades. 

E, assim, avaliar se vale a pena mesclar a badalação de um grande centro com a exuberância de ter o mar a minutos de distância.

Florianópolis

Floripa, como é gentilmente conhecida, possui aproximadamente 508 mil habitantes. Seu PIB per capita gira em torno de R$ 39.040 e a renda média domiciliar per capita está em R$ 4.061. 

Os bairros mais caros da capital catarinense são o Agronomica, o Centro e o Córrego Grande. A tabela abaixo mostra o preço médio do metro quadrado nos bairros de Florianópolis.

morar na praia

Fonte: índice Fipezap de venda residencial, maio 2021.

Florianópolis tem se tornado um polo de tecnologia nos últimos anos. É de lá que surgiram muitas empresas associadas ao marketing digital e que estão despontando no cenário nacional.

Mas, para além da capital, Santa Catarina é dona de um dos litorais mais bonitos do país.

Cidades como Camboriú, Meia Praia, Itapema, Ferrugem, Laguna, dentre outras, são ótimas para quem deseja tranquilidade e contato com a natureza. 

Rio de Janeiro

A cidade do Rio é certamente uma das mais lindas do Brasil. Sem falar que do ponto de vista artístico e cultural o Rio de Janeiro está a frente de muitas outras cidades. 

Contudo, o Rio não é o melhor lugar para quem quer sossego. Sua população passa de 6 milhões de habitantes, distribuídos em 1.200 metros quadrados. A renda média per capita no Rio gira em torno de R$ 3.304. 

morar na praia do Rio

Fonte: índice Fipezap de venda residencial, maio 2021.

A cidade do Rio é conhecida pela grande criminalidade gerada pelo tráfico de drogas e afins. Mas, apesar da violência difundida quase que diariamente pela mídia nacional, o Rio de Janeiro ainda é um dos estados mais procurados para se viver. 

O Rio concentra muitas empresas multinacionais e também é um dos grandes polos educacionais do país, contando com as duas maiores universidades federais do Brasil. Assim como, é o centro da comunicação, da arte e da história republicana do nosso país. 

Cidades como Angra dos Reis, Arraial do Cabo e Parati possuem belezas naturais extraordinárias. Além de contarem com uma boa infraestrutura para quem deseja paz e sossego. Com exceção dos períodos de temporada turística, obviamente.

Fortaleza 

Mas, se deslocarmos nossa atenção para as capitais nordestinas vamos perceber que o custo de vida é bem mais em conta. Fortaleza, por exemplo, tem uma renda média domiciliar per capita de R$ 1.890. 

A população da capital cearense gira em torno de 2.643 milhões de pessoas. E, tem, aproximadamente, 196 mil apartamentos. Os bairros mais caros da cidade são: Meireles, Eng. Luciano Cavalcante e Manuel Dias Branco. 

Fonte: índice Fipezap de venda residencial, maio 2021.

Recife

Em Pernambuco, além das belezas naturais, você também pode encontrar bairros com preço acessível no metro quadrado. O PIB per capita de Recife gira em torno de R$ 30.478 e tem aproximadamente 167 mil apartamentos. 

Recife é conhecida como Veneza brasileira, por causa de sua paisagem cortada por rios, canais e dezenas de pontes que ligam um bairro ao outro. E, falando em bairros, dá uma olhada no preço médio do metro quadrado dos bairros da cidade.

morar na praia

Fonte: índice Fipezap de venda residencial, maio 2021.

João Pessoa

A Paraíba é conhecida pelas belas praias e, João Pessoa é uma das capitais mais tradicionais do Nordeste. Além disso, tem aproximadamente 800 mil habitantes e uma renda média domiciliar per capita de R$ 2.143,00. 

Jampa, como é carinhosamente chamada, é a cidade mais ao oriente do continente latinoamericano. E, para simbolizar esse marco, o Farol de Cabo Branco é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade.

Então, aproveita e dá uma conferida no preço médio do metro quadrado nos bairros de João Pessoa.

Fonte: índice Fipezap de venda residencial, maio 2021.

Vantagens e desvantagens de morar na praia!

Bom, agora que você já tem uma noção básica sobre os custos de moradia em algumas das principais capitais brasileiras com praia, vamos falar sobre as vantagens e desvantagens de morar na praia.

Vantagens de morar na praia

Acho que a primeira coisa que impacta quem deseja morar na praia é ter contato diário com paisagens maravilhosas.

Pois, só o fato de finalizar o dia de trabalho e poder dar uma caminhadinha na praia já é uma grande vantagem, não acha?

A outra vantagem de morar na praia é ter acesso a uma alimentação diferenciada, mais saudável para alguns, nem tanto para outros. 

Mas, só a facilidade de poder comer ou comprar frutos do mar fresquinhos já é uma maravilha, não? 

Uma grande diferença entre a praia e a cidade é que a rotina das grandes cidades, normalmente, dificulta a realização de exercícios físicos. 

Já na praia parece que o próprio mar e a areia são uma inspiração para fazer alguma atividade física. 

O clima e o ambiente da praia favorecem uma rotina de práticas ao ar livre, como corrida, bicicleta, natação e surfe.  

Por fim, mas não menos importante, morar na praia significa muitas opções de lazer e entretenimento. 

Atividades que envolvem a natureza quase sempre são a melhor opção para toda a família. 

Desvantagens de morar na praia

Apesar de morar na praia ter suas vantagens, essa decisão também oferece alguns desafios.

A maresia é a primeira das desvantagens de morar na praia. A salinidade do mar pode oxidar metais, reduzindo a vida útil de alguns eletrodomésticos, automóveis e mobiliários. 

Outra desvantagem é a alta temporada, ou seja, os meses de verão em que, normalmente as cidades litorâneas dobram a quantidade de habitantes e a visitação turística também aumenta.

Morar na praia também significa conviver com altas temperaturas, já que as regiões a nível do mar tendem a ser mais quentes no Brasil. E aí, para ter conforto, o ar-condicionado acaba sendo indispensável. 

Por fim, outra desvantagem é que a proximidade com a natureza, às vezes, tende a ser desagradável, principalmente, quando se trata dos mosquitos e pernilongos que parecem viver mais nas regiões litorâneas. 

É claro que existem inúmeras outras vantagens e desvantagens de morar na praia.

Se você lembrou de alguma que não foi citada anteriormente, escreva nos comentários para que outras pessoas saibam.

Pensando em mudar de cidade?

A construtora Fontanive tem uma ótima oportunidade para você. O Residencial Ilhas do Caribe, em Navegantes-SC.

A cidade conta com 4 praias: 

  • Praia do Pontal, 
  • Praia Central, 
  • Meia Praia e 
  • Gravatá. 

Para saber mais sobre as novidades da construtora Fontanive acesse nosso site e veja as apresentações dos nossos últimos empreendimentos.

Deixe seu comentário

Posts relacionados

Residencial Ilhas do Caribe no coração de Navegantes/SC

Residencial Ilhas do Caribe no coração de Navegantes/SC

29/11/2021 Leia agora Seta
Conheça as vantagens de morar em apartamento

Conheça as vantagens de morar em apartamento

15/11/2021 Leia agora Seta